Democracia em Angola

Angola tem um futuro brilhante

e o caminho, é a democracia

Associação para democracia em Angola

Afinal, o que é?

A capacidade do homem para a justiça faz a democracia possível, mas a inclinação do homem para a injustiça faz a democracia necessária.

A democracia surgiu na Atenas antiga, no século V a.C., e significa “governo do povo”.

Na democracia, o povo participa do governo pelo voto. Este regime de governo não é sistema fechado e rígido. Ele se amolda conforme as necessidades e a evolução do povo.

É por isso que dizemos que a democracia é o governo do povo, pelo povo e para o povo.  A democracia dá igualdade de oportunidade para todos, pois são iguais perante a lei.

Na democracia, o governo age livremente na pauta das leis em vigor, mas o povo a fiscaliza e julga por eleições e plebiscitos.

A democracia desenvolve, nos indivíduos, o senso da própria dignidade e responsabilidade. Garante melhor os direitos da pessoa humana.

hanna-morris-3EkT6xb4K9w-unsplash

O que disseram sobre a democracia?

"A democracia é o governo do povo, pelo povo, para o povo".

Abraham Lincoln

"Os males a corrigir e não só, mas, sobretudo, a combater são a corrupção, o nepotismo, a bajulação e a impunidade".​

Presidente João Lourenço.

"Todos os males da democracia podem ser curados com mais democracia".

Alfred Emanuel Smith

democracia em angola

A história que conhecemos e que não deve ser esquecida.

Em 1990, o partido no poder em Angola, o MPLA abandonou a doutrina marxista-leninista e mudou para  um sistema de democracia multipartidária.

As primeiras eleições democráticas aconteceram em 1992, das quais o MPLA saiu vencedor. Não aceitando os resultados destas eleições, a UNITA retomou a guerra.

O fim da guerra civil em 2002 trouxe a esperança de que o advento da paz contribuiria para um maior pluralismo democrático e mais liberdade para os cidadãos.

O sistema político em Angola é presidencialista. O Poder Judiciário é independente do executivo e legislativo.

Registaram-se alguns avanços democráticos, desde a eleição de João Lourenço em 2017.

O que todo Angolano deseja?

Direitos humanos

Liberdade de expressão

Combate à corrupção

Igualdade de oportunidades

Liberdade de imprensa

Transparência administrativa

Direito ao voto

Direito de ir e vir

Organizações dos direitos humanos ao redor do mundo