Democracia em Angola

Angola e Países Baixos analisam cooperação

Maria de Fátima Jardim, representante permanente de Angola junto das agências da ONU em Roma, reuniu nesta quarta-feira (5), na Embaixada de Angola em Itália, com o seu homólogo do Reino dos Países Baixos, Hans Hoogeveen, com quem abordou assuntos de interesse multilateral e bilateral.

No encontro, o diplomata dos Países Baixos, manifestou o interesse de contar com o apoio das autoridades angolanas à sua candidatura ao posto de presidente independente do Conselho da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), por considerar Angola, um país importante junto das agências da ONU em Roma.

Os dois diplomatas abordaram igualmente o actual processo de reformas nas agências das Nações Unidas em Roma (FAO, FIDA e PAM) e analisaram aspectos da cooperação económica entre os dois países.

Fátima Jardim informou também o seu homólogo sobre o trabalho desenvolvido pelo executivo angolano nos domínios político, económico e social e os esforços para a mobilização de investimento externo, particularmente para a agricultura e pescas.

Por sua vez, o diplomata holandês considerou a sua visita à embaixada de Angola na Itália de “muito proveitosa”, para o fortalecimento da cooperação e amizade entre os dois países e governos.

Maria de Fátima Jardim é embaixadora de Angola na Itália e junto das agências das Nações Unidas (FAO, FIDA e PAM) desde 2019, e Hans Hoogeveen representa o seu país junto das agências das Nações Unidos em Roma, desde 2016, e é presidente do Comité do Programa da FAO.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *