Democracia em Angola

Cuando Cubango ganha importantes infra-estruturas

A província do Cuando Cubango conta com importantes infra-estruturas sociais, designadamente o Centro de Larvicultura do Missombo, o Posto de Saúde do Bairro Paz e o Lar de assistência à pessoa idosa, inaugurados pelos titulares dos gabinetes ministeriais, no quadro da visita de dois dias que o Presidente da República, João Lourenço, efectua à província.

O corte da fita do centro de Larvicultura do Missombo, equipado com 38 tanques de 20 metros de diâmetro cada, para a engorda da tilápia, coube ao ministro da Agricultura e Pescas, António Francisco de Assis, que, na ocasião, apelou a população da província a abraçar iniciativas do género, a título individual, ou em cooperativas para a produção de peixe em grande escala.
Realçou que a infra-estrutura,  custou aos cofres do Estado mais de 14 milhões de dólares, cujas obras estiveram a cargo da empresa israelita “Aquafish” e, além dos 38 tanques de engorda, conta com uma fábrica de processamento de ração, capaz de produzir 400 quilogramas por hora, para alimentar mais de 500 mil peixes duas vezes ao dia.

Apelaram a população local a investir na produção em grandes quantidades de milho e soja, ingredientes indispensáveis para a produção da ração, porque, actualmente, a maior parte deste produto vem da província do Cuanza-Sul, quando tudo poderia ser feito no Cuando Cubango.  
Posto de Saúde

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, procedeu à inauguração do Centro de Saúde Materno Infantil “Satchicanda”, em homenagem ao antigo Soba do bairro Novo. A nova unidade sanitária tem capacidade para atender, diariamente, mais de 50 pacientes nas especialidades de pediatria e maternidade.

O Centro Satchicanda tem uma capacidade de internamento de 30 camas, repartidas em dois blocos, nomeadamente pediatria e maternidade, equipados com tecnologia moderna que permite a realização de pequenas cirurgias, antes e pós parto, e conta, também, com uma sala de neonatologia para acomodar crianças que eventualmente nasçam antes do tempo.

Sem avançar custos, Sílvia Lutucuta disse que a unidade sanitária foi erguida com fundos do Eurobonds, com base num projecto do Ministério que prevê a construção de centros de saúde de proximidade, com o objectivo de encurtar as longas distâncias que a população era obrigada a percorrer para ter acesso aos hospitais de referência.
Lar de Idosos

A ministra da Acção Social Família e Promoção da Mulher, Faustina de Sousa, inaugurou o centro de assistência à pessoa idosa “Kambinda Kalilu”.  Defendeu a necessidade de se construir em todo o país os denominados “Centro Dia”, que são infra-estruturas versáteis, onde os filhos podem deixar os pais ou avôs, durante a jornada laboral, e irem à busca para levá-los de volta a casa, e desfrutar  do seio familiar.

Add a Comment

Your email address will not be published.