Democracia em Angola

País recebe 50 mil doses da vacina Sputik V

O país recebeu, ontem, 50 mil doses da vacina Spunik V, uma oferta da Sérvia.

Os lotes foram entregues pelo embaixador sérvio em Angola Milos Perisic, ao secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, no Aeroporto 4 de Fevereiro.

Trata-se da concretização de uma promessa feita, no mês passado, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da Sérvia, aquando da sua visita a Angola.

O lote é constituído por  25 mil doses da “componente 1” e 25 mil da “2”. Segundo Franco Mufinda, a componente 2 que era a mais esperada no país, para o cumprimento do plano de vacinação. O secretário de Estado agradeceu, em nome de Angola, a doação do Governo sérvio.

Dez mortes nas últimas 24 horas

O país reportou, ontem, mais dez mortes pelo vírus SARS-CoV-2, 99 novas infecções e 34 recuperações, refere o boletim epidemiológico das autoridades sanitárias.

O documento explica que, do conjunto das vítimas mortais, sete são do sexo masculino e três do feminino, entre 36 e 75 anos. Seis na província de Luanda, duas no Namibe, uma no Bié e outra em Malanje.

Dos casos registados nas últimas 24 horas, 55 foram na província de Luanda, Huíla (13) Namibe (12), Bié (9), Cabinda (3), Uíge (3), Malanje (2) e Moxico (2), entre 1 e 72 anos, dos quais 61 do sexo masculino e 38 do feminino.
Em relação aos recuperados, o boletim indica que 24 são de Luanda, seis do Namibe e quatro da Huíla. As idades variam entre um mês e 66.

No mesmo período, os laboratórios processaram 2.223 amostras por RT-PCR. O cumulativo aponta, até à data, para 960.990 amostras processadas com uma taxa de positividade de 5.4 por cento. O total de casos é agora de 52.307 infectados, dos quais 46.025 recuperados, 1.388 mortos e 4.894 activos.

Entre os casos activos, há 36 críticos, 40 graves, 163 moderados, 76 leves e 4.579 assintomáticos. Há, ainda, 330 pacientes internados nas unidades de tratamento a nível nacional.

O número de pessoas em acompanhamento na quarentena institucional reduziu para 211 e sob vigilância epidemiológica estão 2.823 contactos.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *